UNIDADE DE GRÃOS

A Unidade de Grãos da Copercana – Unigrãos I - fica localizada na Rodovia Albano Bacega km1, e a unidade II está localizada na Rodovia Carlos Tonani, km 87,5, em Sertãozinho.

A Unigrãos é responsável pelos projetos de amendoim e soja, proporcionando aos cooperados toda assistência técnica necessária para o controle de pragas, doenças e ervas daninhas e, com isso, obter melhor produtividade dessas culturas. A Unigrãos também oferece o serviço de aplicação de corretivos de solo – calcário e gesso.

Em 2016 foi inaugurado o novo barracão de armazenamento de amendoim com capacidade de estocar 400 mil sacas do grão. Com a produção de amendoim em plena expansão, preços remuneradores e cooperados satisfeitos, ampliamos nossa capacidade de armazenagem garantindo que o produto esteja seguro até a sua comercialização.

Também entrou em operação o Novo Centro de Distribuição de Insumos, que possui 5.112m2 e foi logisticamente projetado visando ganho de produtividade, organização, otimização de espaço e tempo. O espaço usará a metodologia de endereçamento, como se fosse uma cidade, com ruas, prédios e apartamentos, endereços dimensionados de acordo com as medidas e pesos dos produtos, suas características, histórico de vendas, sazonalidades, crescimento e estoque.

O Novo Centro de Distribuição de Insumos possui um total de 7.900 endereços (posições paletes), sendo 7.509 livres, que otimizam as operações por meio de túneis para passar com a empilhadeira e ter acesso mais rápido à rua para buscar ou armazenar os produtos, promovendo um melhor fluxo, tanto de pessoas como de equipamentos.

Também temos que destacar, em 2016, a reforma e adequação da UNAME II, que recebeu a instalação da balança de pesagem dos caminhões, sistema de combate à incêndios e os depósitos de calcário e gesso agrícola. Nesta unidade também foram realizadas melhorias em armazém para receber o amendoim beneficiado.

A cooperativa ainda dispõe de um laboratório de análises técnicas de solo, fertilizantes químicos e orgânicos, corretivos de solo e vinhaça. Por meio dessas análises é possível saber a quantidade necessária de produtos agroquímicos para a correção das deficiências de solo das propriedades dos cooperados. Em 2016, o laboratório fez 15.029 análises de solo, 3.442 de micronutrientes, 312 amostras entre gesso, fertilizante e torta de filtro e 1.147 texturais.

A partir de março de 2002, quando foi validada a Lei nº 7.802/89 (com as alterações da lei nº 9.974/00 e regulamentada pelo Decreto nº 4.074/02), a cooperativa faz o recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos. Por meio desse trabalho, a cooperativa já destinou de modo ambientalmente correto 1.083 toneladas de embalagens vazias de agrotóxicos utilizadas pelos seus cooperados. Em 2016, foram recolhidas 113,5 toneladas de embalagens (crescimento de 7% em relação a 2015), sendo 83 toneladas laváveis e 30,5 toneladas não laváveis.

NEWSLETTER COPERCANA

Fique por dentro de todas as nossas novidades.