23 de Novembro 2017
Voltar

Preços do açúcar disparam na bolsa de Nova York

Preços do açúcar disparam na bolsa de Nova York O aumento nos percentuais de cana destinada à fabricação de etanol no Brasil e o preço do petróleo, que subiu mais de 2% ontem (22), impulsionaram os preços do açúcar nesta quarta-feira na bolsa de Nova York. No vencimento março/18, aa commodity subiu 40 pontos, firmando negócios em 15.28 centavos de dólar por libra-peso. Os contratos para maio/18 subiram 31 pontos, negociados em 15.21 centavos de dólar por libra-peso. As demais cotações subiram entre 14 e 25 pontos. "Desde julho, a Petrobras tem repassado as variações no preço do petróleo ao mercado brasileiro, reajustando quase que diariamente os valores dos combustíveis. Desde então, a gasolina acumula valorização de quase 20%, o que impacta a decisão das usinas sobre priorizar a produção de açúcar ou de etanol", informou o jornal Valor Econômico de hoje (23).  Em Londres, os preços do açúcar também subiram na sessão de ontem. O lote março/18 subiu 6,60 dólares, negociados em US$ 393,10 a tonelada. No vencimento maio/18, a commodity foi comercializada a US$ 396,80 a tonelada. Os demais contratos fecharam entre 5,60 e 6,00 para cima. Mercado interno No Brasil, os preços do açúcar fecharam em alta ontem também. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida a R$ 66,11, valorização de 0,09%. Etanol O etanol hidratado, vendido pelas usinas paulistas teve caiu 0,14% ontem (22), comercializado a R$ 1.745,00 o metro cúbico. O aumento nos percentuais de cana destinada à fabricação de etanol no Brasil e o preço do petróleo, que subiu mais de 2% ontem (22), impulsionaram os preços do açúcar nesta quarta-feira na bolsa de Nova York. No vencimento março/18, aa commodity subiu 40 pontos, firmando negócios em 15.28 centavos de dólar por libra-peso. Os contratos para maio/18 subiram 31 pontos, negociados em 15.21 centavos de dólar por libra-peso. As demais cotações subiram entre 14 e 25 pontos. "Desde julho, a Petrobras tem repassado as variações no preço do petróleo ao mercado brasileiro, reajustando quase que diariamente os valores dos combustíveis. Desde então, a gasolina acumula valorização de quase 20%, o que impacta a decisão das usinas sobre priorizar a produção de açúcar ou de etanol", informou o jornal Valor Econômico de hoje (23).  Em Londres, os preços do açúcar também subiram na sessão de ontem. O lote março/18 subiu 6,60 dólares, negociados em US$ 393,10 a tonelada. No vencimento maio/18, a commodity foi comercializada a US$ 396,80 a tonelada. Os demais contratos fecharam entre 5,60 e 6,00 para cima. Mercado interno No Brasil, os preços do açúcar fecharam em alta ontem também. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida a R$ 66,11, valorização de 0,09%. Etanol O etanol hidratado, vendido pelas usinas paulistas teve caiu 0,14% ontem (22), comercializado a R$ 1.745,00 o metro cúbico.

MAIS NOTÍCIAS
14 de Dezembro 2017 Vendas de adubo

O volume de fertilizantes entregue às revendas do país atingiu 3,288 milhões de toneladas em novembro, aumento de 1,6% na comparação com o mesmo período do [...]

Saiba Mais
14 de Dezembro 2017 São Martinho já fez hedge de 405 mil [...]

O Grupo São Martinho fixou o preço de venda de 405 mil toneladas de açúcar para a próxima safra (2018/19) até ontem, 315 mil toneladas a mais do que o [...]

Saiba Mais
14 de Dezembro 2017 Açúcar: preços fecham mistos no [...]

Os preços do açúcar fecharam mistos no mercado externo, ontem (13), acompanhando o cenário macroeconômico mais positivo para as commodities agrícolas em [...]

Saiba Mais
14 de Dezembro 2017 UNICA e Orplana assinam protocolo de [...]

Durante o “X Encontro Estadual do Programa Município Verde Azul”, evento promovido nesta quarta-feira (13/12), no Palácio dos Bandeirantes, os presidentes da União da [...]

Saiba Mais

NEWSLETTER COPERCANA

Fique por dentro de todas as nossas novidades.